Luiza Sonza

Clues: Ellie Beilish, Ludmila, Nails, better Alone, Extorsion, Signature, Versace, The man is turkey.

Advertisement

“I’m divorced, thank God”

“Every time I count this rescue I get goose’s breath”

As soon as we got married, he came to me firmly and said, “Here’s the thing, my wife doesn’t work. I answered at the time: – How wonderful!

First month of marriage I said, – Love, give me some money to do my nails?. He said: – Love, stops it, your nails are beautiful naturally.

Me: – Love, i would like to paint my hair. He: – Stop with it, your hair is beautiful naturally.

I said: Love, i need to do hair removal and he replied: – Ah, Love, stops it, start using these curls right away.

Married to this man, I learned how to make my nail, my hair, I was almost sewing my own clothes. I wasn’t married to a man no, I was married to the Worker Center helper (SENAI). My marriage was the first professional marriage in history.

Women living under basic conditions in a marriage. They are not wives, they are slaves. If you see such condition report!

My dream :), so let’s do it!

No one should die of hungry. This is unacceptable mainly in this country. One melon will give you at least 40 new plant seedlings. I believe that we can do it ourselves. I cannot believe how easy it is. Since I arrived in Brazil many people were asking for food, so if you cannot seed or don’t want, take the seeds of the fruits you eat and give them. God will provide. I’m very happy to see them grow. God sent wind, rain and I can tell you, he is a very good father. He does just like in the desert with Moses. I feel his love. You just ask him and he will help you. We just have to be thankful because with only one melon you can have more than you asked for.

Palavra de Deus pra você!

Não à Procrastinação. Justiça hoje!

“não espere uma vida pra fazer o que tem que ser feito hoje”.

Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos para trás
Vivemos esperando
O dia em que seremos melhores
Melhores no amor, melhores na dor
Melhores em tudo
Vivemos esperando
O dia em que seremos para sempre
Vivemos esperando

[Refrão]
Dias melhores pra sempre
Dias melhores pra sempre
Pra sempre

[Verso]
Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos para trás
Vivemos esperando
O dia em que seremos melhores
Melhores no amor, melhores na dor
Melhores em tudo
Vivemos esperando
O dia em que seremos para sempre
Vivemos esperando
[Refrão]
Dias melhores pra sempre
Dias melhores pra sempre
Pra sempre

JOTA QUEST

The final Code Movie – Real Story – 🔞

I downloaded this movie on YTS. Is really real. So, we have a dimension of what these people are capable of.

This man held her daughter captive for 8,000 days approximately, and had 7 children with him. He was abusing her since she was a kid when her mother was going to shopping. He is a psychopath and pedophile. The history is heavy. So, i don’t like to be sensationalist. The fact is the producers are not hidden that the history is true. They masked with another history of the Elizabeth Fritzl. There are two histories in one movie, because they are very similar. How to know? Because there are no information about this movie. Check the print screen i took of the description of the movie. The real ones are not present in the Cast, so, the movie is real. I could not find Instagram, they masked the Sally’s Instagram. The most important is to know that this situation is real.

The mother and the other children survived, but we had three losses, three angels. Her last baby and two girls, one was kidnapped last. She got there because she had problems with her car and he offered her a ride. He killed her because he discovered her cellphone in her purse, and saw that she called the Police. He cutted her in pieces. He left his daughter at the hospital because he poisoned the food that he intended to give to the mother to kill her and stay only with his daughter and the other girl, but the little girl died poisoned. He did this because the mother got older, she was not useful anymore in his conception. So, he could continue to abuse the young ones and make more babies to continue the cycle of abuse.

A code: In Europe they call the women “Chicken”, they are made to have babies to be abused. The Pigs are the Pedophilians abusers and assassins.

In the end the Police got him to jail. It’s good to talk about because we learn self defence and how to cancel these bastards. They act very similar.

This is her memory with her kids, a happy moment before he took all of them and left her and the older one alone in a basement.
He killed her and put it in a black bag. In Bulgaria there were several crimes in this way. I’ve witnessed at least 5 crimes. They threw at least 3 the bags in the trash (I called to the Police and reported everything i saw).
Don’t be afraid, report!

Kaleidoscope

Who saw? I saw outside transparent totally, kind of many round pentagon block together, a spiritual presence. Was in the air. I think that was my angel. This happened maybe in June, in the light of the day. I was talking to my mother looking up at the sky. Actually so many things happened since March…i think i must to talk. This is a model, but it’s not exactly this, the shape was round.

Pra tornar a sua experiência mais agradável você pode:

  • Clicar primeiro na playlist de música e depois começar a ler o conteúdo.
  • Saber que eu sirvo o Deus verdadeiro, o criador do céu e da Terra então fica à vontade pra ler.
  • Sou contra os Cachorros caramelos, eles estão cortando pessoas e roubando as casas e os apartamentos, extorquindo gente famosa e abusando de crianças e animais.
  • Faço protestos e divulgo informações novas.
  • Caso o vídeo demore pra abrir, clica no título do assunto e abre em nova página.
  • Nos Arquivos você pode ler também mês a mês, é bem prático, no celular os posts vão abrindo pouco a pouco, por isso o Arquivo é prático.
  • Eu misturo os idiomas, porque esse site é pra todos.
  • Você pode clicar na logomarca pro site reabrir caso fique lenta a internet.
  • Pra compartilhar o conteúdo, clique em leave a Comment e ele vai abrir as opções de compartilhamento.

Espero que tudo esteja bem com você e sua família! Abraços, Michelle.

Casa dos horrores 5 fatos sobre o casal que manteve 13 filhos em cativeiro

Por quase três décadas, os filhos da David e Louise Turpin foram vítimas de crimes que surpreenderam até mesmo as autoridades federais americanas

WALLACY FERRARI PUBLICADO EM 01/08/2020, ÀS 08H00

1. Casal maldito

David Turpin conheceu Louise Anna em 1985, quando o rapaz tinha 17 anos e a garota apenas dez. Um romance engajado pelo garoto já revoltava o pai da garota, que era pastor, fazendo ambos se casarem três anos depois. David estava se graduando em engenharia da computação enquanto Louise, com 14 anos, estava grávida do primeiro filho.

Seria o início da criação de uma “jaula de crianças”, com dez filhas e três filhos, nascidos entre 1988 a 2015. Os filhos, mantidos em cárcere, cresceram em porões de três residências, ficando até 1999 em Fort Worth, depois até 2010 em Rio Vista, ambos no Texas, e, por último em Perris, na Califórnia.

2. Pedido de socorro

Para realizar a manutenção social e evitar desconfiança, David e Louise passaram a realizar mais saídas da residência com os filhos durante a década de 2010, com o advento das redes sociais, para publicar fotos como se fossem uma família feliz. Em uma das saídas, duas das filhas — uma de 13 e outra com 17 anos de idade — notaram que a sociedade funcionava de maneira distinta de sua criação.

Juntas, planejaram fugir de casa por mais de dois anos e, em 14 de janeiro, conseguiram sair da casa. A garota com 13 teve medo de ser pega e retornou para o porão, porém, a de 17 conseguiu ligar para o 911 (serviço de emergência dos EUA) e descreveu a situação com o auxílio de fotografias que registrou em um celular antigo encontrado na casa. Foi o suficiente para a entrada da polícia.


3. Descoberta macabra

Os policiais do departamento do xerife do condado de Riverside deram de cara com uma surpresa ainda maior do que o relatado; dos 13 filhos do casal, sete deles já eram maiores, com idades entre 18 e 29 anos. O garoto mais velho, com 29, pesava 37 quilos e estava acorrentado, assim como muitos irmãos. As crianças tinham apenas uma refeição diária e tomavam banho apenas quando eram tirados de casa para fotografias.

A educação dos filhos, feita inteiramente por Louise e David, era tacanha; diversas perguntas dos policiais não foram compreendidas, sem o conhecimento de palavras básicas como “medicamentos” e “polícia”. Outros comandos, no entanto, foram rapidamente reconhecidos; os de violência. Com os relatos, a polícia concluiu que, durante anos, os pais prenderam, torturaram, espancaram e estrangularam todos os filhos.

4. Frios e calculistas

O casal acumulou doze acusações de tortura, doze acusações de cárcere privado, sete acusações de abuso de um adulto dependente (referente aos filhos maiores de idade com educação parcial e desamparo psicológico) e seis acusações de abuso infantil. A fiança de ambos totalizava US$ 9 milhões para Louise e US$ 12 milhões para o esposo.

David ainda recebeu mais duas acusações individuais; uma de perjúrio, por falsificar a matricula dos filhos e apresentar ao Departamento de Educação da Califórnia e outra por ato sexual obsceno com uma menor de 14 anos, que não teve a identidade revelada. Em fevereiro de 2019, assumiram as acusações e foram condenados à prisão perpétua, podendo recorrer a liberdade condicional após cumprir os primeiros 25 anos da sentença.

5. Destino das crianças

Após serem libertados, todos os filhos foram acompanhados por equipes médicas, visto que apresentavam desnutrição, dificuldades de locomoção e ferimentos pelo corpo em decorrência de maus tratos e desamparo. Os seis menores de idade foram separados em dois lares adotivos e, caso não sejam escolhidos por famílias, retornarão aos irmãos.

Alguns dos adultos conseguem, gradativamente, se adaptar a uma vida normal. Recebendo uma ajuda estadual, um deles conseguiu ingressar em uma universidade e alguns já possuem apartamento próprio e empregos, porém, outros ainda contam com a ajuda de membros da igreja, onde realizam trabalhos voluntários e adaptam o convívio.